Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Na cidade do Brejão, município que fica entre Imperatriz e Açailândia está acontecendo uma triste realidade vivida por moradores e aqueles que dependem do bom funcionamento da prefeitura Municipal.

Descaso e má gestão do prefeito Alexandre Araújo dos Santos, "o Alex" tem sido o cartão postal daquela cidade, que até a pouco tempo atrás era tida como promissora e receptiva.

FATO: 
A CEMAR chegou a seu estágio final de negociação daquela cidade e chegando ao ponto extremo ação contra o município. A companhia energética, responsável pelo abastecimento de energia no Maranhão, respectivamente na cidade do Brejão, mandou recolher todos os fios e relógios da prefeitura, câmara de vereadores e secretarias do município.

Sem energia, este bem de primeira necessidade, é praticamente impossível algum desses órgãos vir a funcionar. Se o caus está instalado nas repartições municipais, imaginamos como pode estar a situação das estradas, escolas e saúde pública!?

É importante que forças superiores entrem nessa questão e moralize o minimo para aquele município voltar a funcionar, pois estou certo que administrativamente já está impossível, pois assim não há como ligar um computador para o trabalho continuar.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18





O líder do PDT na Assembleia Legislativa, deputado Carlinhos Amorim e a deputada Valéria Macêdo (PDT) ocuparam a tribuna da Casa na tarde desta segunda-feira (26), para refutarem as recentes declarações do deputado Magno Bacelar (PMDB), acerca da cidade de Imperatriz, localizada na região Tocantina.

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa disse, durante a sessão especial sobre os investimentos do programa “Saúde é Vida”, que a cidade de Imperatriz não precisava do benefício do governo do Estado, porque está localizada nos “cafundós do Judas”.

Para Carlinhos Amorim, em que pesem a retratação do deputado Magno Bacelar, feita na sessão de hoje, é sua obrigação, como filho e representante de Imperatriz, refutar as declarações, que causaram mal estar na população da maior e mais importante cidade da região Tocantina.

De acordo com Carlinhos Amorim, a cidade de Imperatriz se encontra hoje numa condição privilegiada, por ser a segunda maior cidade do Maranhão, ter o maior numero de habitantes e de eleitores e que, ao longo dos anos, muito contribuiu para o crescimento econômico do Estado.

Carlinhos confessou que foi doloroso ouvir Magno se dirigir á Imperatriz daquela forma na sessão especial. “Refuto essas palavras como fiz com o repórter Roberto Cabrini, do SBT que, durante reportagem, declarou que Imperatriz é a capital da pistolagem”, assinalou.  

BENEFÍCIOS

Por outro lado, a deputada Valéria Macêdo (PDT) elogiou a humildade de Magno Bacelar que, durante pronunciamento na tribuna da Assembleia, se retratou e pediu desculpas à população de Imperatriz pelas infelizes declarações dadas na sessão especial da Assembleia.

Valéria Macedo observa que ao contrário do que disse o deputado Magno Bacelar, a cidade de Imperatriz é a porta de entrada do Maranhão, e uma espécie de capital de mais de 23 municípios que formam as regiões Tocantina e Sul do Estado.

A parlamentar informa que a cidade de Imperatriz  precisa de investimentos do governo do Estado no setor de saúde. “Precisamos de um hospital de alta complexidade, um curso de medicina da UFMA e outros benefícios no setor de infraestrutura”, disse. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

Ocorreu hoje pela manhã (26) na cidade de Buritirana, quando uma criança brincava em uma escola que foi construída parcialmente. Os muros da escola ficaram pela metade e várias crianças brincavam ao redor quando o que restava da obra, que serviu como desculpa para a CGU, caiu sobre as crianças.

Segundo informações das pessoas que viram o ocorrido, a criança foi socorrida às pressas e desmaiada. A quantidade de tijolos foi muito grande em cima da criança, completou um morador.

Os queixosos do local informaram que a muito tempo a obra está inacabada, e que outro acidente já ocorreu naquele local. Uma criança ficou espetada pelos ferros que sobraram em cima do muro também inacabado.

Moradores dizem que a obra ficou daquela forma porque o prefeito tentou mostrar aos fiscais do CGU que estava usando o recurso recebido, mas logo que eles foram embora a obra também parou, acusou outro morador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Em João Lisboa tem acontecido de tudo. Se não bastasse a doação de terrenos públicos à parentes e amigos, as denuncias do concurso que levou muita gente a acreditar em "carta marcada", e agora a última: Vereadores estão com seus salários atrasados!

A denuncia do atraso já está protocolado no MP daquela cidade, mas os detalhes completo deste ocorrido você terá na próxima edição no Informativo "Observatório" que circula quinzenalmente na região Sul. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53

AVISO: Malwere no blog

por Holden, em 25.09.11

AVISO!!! 

ESTOU EXCLUINDO TEMPORARIAMENTE MINHA LISTA DE BLOGS PARCEIROS. ALGUNS COMPANHEIROS ESTÃO TENDO PROBLEMAS COM HACKER E VÍRUS, E ACABA INTERROMPENDO A ABERTURA DO NOSSO ESPAÇO.

AGUARDO ANSIOSO PARA QUE NOSSOS AMIGOS RESOLVAM SEUS PROBLEMAS E SE O MESMO OCORRER COM O NOSSO BLOG POR FAVOR AVISEM. GRATO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58


A Paralisação já iniciou, mas o movimento para reivindicação começa nesta terça-feira. 

O presidente e representante dos agentes de saúde promete movimentar a cidade com o inicio da greve. Os agente de saúde  reivindicam 3 meses de salários atrasados. As denuncias do descaso com o setor já está protocolado no MP, e o movimento inicia-se após várias tentativas de negociação junto ao prefeito de Senador La Roque João do Oliveira.

Está previsto uma grande manifestação na praça do mercado, logo após seguirá por várias ruas da cidade até a prefeitura, onde haverá cobranças via carro de som.

O inicio da greve promete. Já que cidades pequenas próximas à Imperatriz tem sofrido com o descaso. A tendencia é que os movimentos se estendam para outras cidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Alguns deputados eleitos por Imperatriz, ou pelo menos como representante da nossa região, tem se destacado por falta de destaque. 

Com projetos fracos, com intenções difíceis de ser ainda interpretadas, eles se constituem os sem projetos, são alguns dos nossos deputados Estaduais e a forma que conduzem os mandatos.

Alguns dos temas abordados não refletem diretamente o anceio da população, não melhoram o  convívio social, não trazem na verdade nem um benefícios.

Não adianta somente construir leis. É necessário que elas representem algo para o eleitor, que ela produza algo ou uma mudança à sociedade.

Ainda não vamos citar nomes, mas para construir algo interessante a nós que desfrutamos das melhorias que esses mandatários podem causar e assim provar porque realmente foram eleitos, vamos fazer isso cautelosamente. Um passo de cada vez! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48



Têm coisas que acontecem na Câmara dos Deputados que ainda surpreendem. Quando todos achavam que já tinham visto de tudo, a realidade, infelizmente, mostra que não. As imagens não são muito boas, são do site da própria Câmara e mostram a sessão de quinta-feira (22) da Comissão de Constituição e Justiça.
Em três minutos e seis segundos, em uma sessão esvaziada, a comissão conseguiu aprovar 118 projetos em uma sessão em que as imagens mostravam apenas um único deputado no Plenário.


Fonte: Site Bom dia Brasil

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:11


Nos próximos dias o PV poderá voltar a tornar-se uma das potências politicas da região.

De olho no Maranhão do Sul, Sarney Filho volta os olhos ao eleitorado que teoricamente não passava pelos seus projetos.  Breve traremos mais informações importantes que passarão pelas eleições de Imperatriz ainda em 2012.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49




Igor Lago desconhece convite para ser candidato a vice

O presidente do diretório regional do PDT, médico Igor Lago, filho do saudoso governador Jackson Lago, disse ao blog que desconhece qualquer articulação para o partido indicar candidato a vice na chapa do PSDB.  Segundo o dirigente pedetista, trata-se apenas de um boato espalhado pelos serviçais da oligarquia Sarney na mídia local um suposto convite para a Dra. Clay Lago compor chapa do prefeito João Castelo.

“Não sei de onde partiu ou a quem interessa essa falsa informação, plantada em blog’s ligados ao Sistema Mirante e no próprio jornal O Estado do Maranhão, mas o fato verdadeiro é que esse assunto nunca foi sequer tema de pauta de alguma reunião no PDT. O que nós deliberamos é que somente vamos tratar de eleição em São Luís ano que vem”, afirma Igor Lago.

O presidente pedetista adiantou que, neste resto de ano, todas as atenções estão voltadas para a reestruturação do partido, que foi abalada fortemente após o pífio desempenho nas eleições de 2010.

“Se você perguntar hoje para mim qual será a posição do partido em relação a sucessão em São Luís, sinceramente eu não vou saber responder porque este assunto nós só vamos discutir ano que vem. Agora, nossa tarefa é reconstruir o PDT e torná-lo novamente forte, o resto é invenção que não possui o menor fundamento”, esclarece Lago.

Igor informou que o fato de existir alguns militantes da legenda na administração municipal não quer dizer que o PDT fará aliança com o prefeito João Castelo. “As pessoas foram convidadas a participar da administração por conta da aliança em 2008, mas não foram indicadas pelo partido. Foi uma escolha pessoal do prefeito. Para 2012 ainda vamos decidir o que fazer, mas posso garantir que não passa de boato a informação de que eu ou minha mãe podemos ser candidato vice na chapa de João Castelo. 

Por Jorge Vieira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:51



Infelizmente temos que ouvir certas babozeiras que vêem constantemente da Assembléia Legislativa, mas não necessariamente teremos que suportar calados o racismo de uns poucos que insistem em tentar denegrir a imagem do Sul do Estado.

A atitude do Deputado Magno Barcelar poderá ser sua ultima, mas poderá também ser a primeira de uma dezena de políticos do Norte que poderão contrariar a seriedade e a coragem do povo da nossa região.
De uma forma ou de outra, a forma que será recebida pela câmara de Imperatriz ditará o quadro de respeito que realmente nós merecemos.

Se não reclamamos quando somos subestimados e mal tratados... É por que gostamos do tratamento que nos é dispensado.

Não existe um deputado exclusivamente da região Sul e nem um deputado exclusivo da Região Norte, pelo menos ainda, enquanto não existe o Deputado Distrital, mas isso é outra historia. O Deputado Barcelar é político eleito pelo Estado e cabe a ele, somente a ele, cuidar de todo o Maranhão e não de uma determinada região.

As palavras ditadouras e racista do Magno Barcelar:  “Imperatriz já ganhou até demais secretário. Tudo agora na Saúde é só para Imperatriz, que fica lá no cafundó do Judas, no quintal do Maranhão”

Seria esse o nível dos políticos que estamos elegendo?

Para nossa querida região, majestosa Imperatriz, a princesa, a mais querida, nos resta esperar pela atitude do nosso legislativo municipal e uma nota de repúdio é o mínimo RECADO que haveríamos de dar, ao infeliz deputado que decretou sua cova política no quintal do Maranhão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

Ações cíveis contra imobiliárias em Imperatriz é a nova moda contra o 171 em Imperatriz.

Imobiliárias estariam vendendo o mesmo terreno para mais de um comprador, é o que confidenciou dois compradores esta semana. A denuncia foi ajuizada e protocolada no Fórum de Imperatriz e a partir daí, uma longa batalha deve ser travada.

Com um dos denunciantes ocorreu, e o mesmo já conhece outros casos no mesmo escritório, que já tende a especializar-se no assunto devido o alto índice de casos.

O cliente dirige-se ao terreno pretendido e do seu agrado, após sua compra e o inicio da realização de um sonho, inicia-se uma longa jornada até o dia que o pretendente começa a sua construção, sem saber, mais alguns clientes compraram o mesmo terreno, gerando e procurando solucionar o impasse.

É necessário uma intervenção do sindicato das imobiliárias ou até mesmo dos órgão de fiscalização. O fato ocorre quase corriqueiramente.

Não são casos ineditos na cidade e suas frenquencias já complicam o mercado imobiliário que se não, o mais confiado do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

Ontem o deputado estadual licenciado e secretário de Estado da Saúde Ricardo Murad, acolheu convite da Comissão de Saúde para prestar esclarecimentos na assembleia sobre as ações de sua pasta discutidas mais do que quaisquer outras naquele parlamento .
Foi uma audiência exaustiva que durou quase todo o dia, mas Ricardo respondeu indagações, questionamentos, críticas dos deputados governistas e de oposição.

Como enfermeira e especialista em saúde a deputada estadual Valéria Macedo teve sua destacada participação na audiência pública e fez alguma indagações ao secretário de saúde,.

Valeria iniciou ressaltando que o ex-ministro da Saúde José Serra (PSDB), em artigo recentemente publicado no Estadão, informou que a participação do Ministério da Saúde nos gastos do setor de saúde caiu de 53% para 47% no período, aumentando os encargos dos governos estaduais e municipais e que o Congresso diz que vai votar a regulamentação até o fim deste mês de setembro do Projeto de Lei Complementar n.º 306/2008.Veja perguntas de Valéria Macedo e o que Ricardo Murad respondeu.

Valéria Macedo: Quanto em média o governo federal investe por mês na saúde do Maranhão e quanto isso representa em termos percentuais da totalidade do gasto em saúde pública e privada no Maranhão? E quanto o Maranhão investiu de janeiro a agosto/2011 com recursos próprios na saúde do Maranhão?

Ricardo Murad: Ricardo Murad agradeceu as perguntas da deputada Valéria Macedo dizendo tratar de pessoa “especializada em saúde o que se verifica pelas suas indagações, a demonstrar que compreende do assunto em profundidade”.

Segundo o Secretário de Estado da Saúde do Maranhão, o Ministério da Saúde investe por ano no Maranhão cerca de 720 milhões de reais. E que o Estado do Maranhão teria investido com recursos próprios até setembro cerca de 320 milhões, mas que até dezembro de 2011 investiria cerca de 540 milhões.

Valéria Macedo: Deputado Ricardo Murad, tenho como todos sabem, hipotecado apoio ao seu trabalho aqui na Assembléia Legislativa e em todos os debates do setor na CIB, na própria secretaria titularizada por Vossa Excelência, mas desde de nossas primeiras reuniões tenho lhe falado sobre a urgente e a indispensabilidade de realizarmos a

Programação Pactuada Integrada para o Maranhão (PPI). Neste sentido, Qual o calendário de Vossa Excelência para que realizemos a PPI para corrigir as distorções e injustiças e adequar os sistemas a sua real capacidade instalada e efetiva de prestação de serviços?

Ricardo Murad: Deputada Valéria como você sabe estamos com o projeto piloto na região tocantina da PPI, onde tivemos uma reunião com prefeitos, secretários e técnicos dos municípios da região, que se encontra em estagio bem avançado de organização. Por isso, acredito que teremos condições de implementar o mais rápido possível, não sei se até o fim do ano.

O secretário acrescentou, porém, o que os municípios que desejarem ser pólo tem que ter o que denominou de “condicionalidades”, ou seja, capacidade física instalada, equipamentos, servidores cadastrados no CNES para poderem se habilitarem ao serviços de média complexidade.

Valéria Macedo: Deputado como Secretário de Estado qual sua expectativa com o Projeto de Lei Complementar n.º 306/2008 que regulamenta a Emenda Constitucional n.º 29 para a saúde do Maranhão? O que a bancada federal tem dito a Vossa Excelência sobre este projeto?

Ricardo Murad: O Congresso Nacional alardeia que aprova este projeto ainda este mês a expectativa de todos os estados é que a União mande mais recursos para a saúde, mas ainda há indefinição em relação a nova fonte de receita para a saúde.

Valéria Macedo: Secretário pelo projeto de Lei Complementar n.º 306/2008 a União vai aumentar seu investimento para 10% de sua receita corrente bruta. Quanto a estados e municípios a lei vai regular com mais clareza o que se compreende como despesa para saúde, o que vai impedir que sejam contabilizadas como despesas de saúde despesas gastos de segurança, alimentação, lixo, asfalto, etc.

Valéria Macedo: Deputado quero lhe pedir de público dois projetos que pretendem fixar jornada de trabalho para Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, além de piso salarial. Tenho também um projeto que pretende criar piso no estado para os agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias. O vice-governador Washington Luis e vários deputados se comprometerem de público com a classe dos profissionais de Enfermagem. Peço de público o seu apoio.

Ricardo Murad: Tenho a maior simpatia com o projeto dos enfermeiros e o estado cumpri as convenções sindicais com enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, mas lhe recomendo que faça uma audiência pública com a Federação dos Municípios Maranhenses FAMEM para fazer essa conta para saber se os municípios suportam o impacto financeiro.

Valéria Macedo: Secretário mais de 80% dos servidores de sua pasta pertence a estas categorias. Os profissionais de enfermagem são a porta de entrada da saúde. E são também dos prefeitos de modo que não acredito que os prefeitos não se façam esforços em seus municípios em prol dessa categoria que nunca foi reconhecida apesar de sua importância.

Ricardo Murad: Deputada Valéria com certeza o projeto tem o meio apoio, temos apenas que ver as condições dos municípios porque o estado já cumpre os valores definidos pelos sindicatos dessas categorias.

Valéria Macedo: Qual o valor que o Estado do Maranhão paga para enfermeiros, técnicos e auxiliares?

Ricardo Murad: Acho que enfermeiros o valor é de 1.500 reais.

Valéria Macedo: Secretário o nosso projeto é realista e o valor proposto é mais ou menos o que ganha um enfermeiro no Maranhão 2.500,00, 50% disso para técnicos e 40% para auxiliares. Fiquei sabendo que enfermeiros especialistas já ganham no estado 2.500 reais. Acrescento Secretário que estou aberta para conversar com o governo para chegarmos a bom termo nestes projetos.

Acrescento também que no que se refere a jornada de 30 horas já há municípios que a observam como, por exemplo, o município de Imperatriz.

Finalmente, Como está o projeto de construção do Hospital Regional de Alta Complexidade de Imperatriz?

Ricardo Murad: Há dois projetos no Ministério da Saúde para construção de dois hospitais, um projeto do governo do Estado e outro do prefeito Sebastião Madeira.

Valéria Macedo: Secretário quanto ao curso de medicina para Imperatriz o que o senhor tem a nos informar?

Ricardo Murad: O curso de medicina para Imperatriz na UFMA é uma bandeira abraçada pela Governadora Roseana Sarney e o que depender do governo vai ser realizado. Já providenciamos, por exemplo, o credenciamento dos hospitais para residência e tudo que estiver ao alcance do governo para que a UFMA implante este curso em Imperatriz terá o nosso irrestrito apoio.

ASCOM

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:28


Magno Bacelar, na sessão desta terça-feira (20): ‘Imperatriz fica lá no cafundó do judas, no quintal do Maranhão’.

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Magno Bacelar, não economizou adjetivos ao propor, ontem (20), ao secretário de Saúde, Ricardo Murad, para que deixe de atender apenas a cidade de Imperatriz em detrimento da região do Baixo Parnaíba.

“Imperatriz já ganhou até demais secretário. Tudo agora na Saúde é só para Imperatriz, que fica lá no cafundó do Judas, no quintal do Maranhão”, disse Bacelar, numa clara demonstração de discriminação a um município carente de ações do poder público estadual.

O vice-líder do governo de Roseana reagiu quando o Murad informou que a imperosa será contemplada com um hospital e mais uma agência de distribuição gratuíta de medicamentos para doenças de alta complexidade, a segunda do Estado. Existe apenas uma em São luís.

“Secretário, olhe para a região do Baixo Parnaíba, onde não temos nada. Imperatriz já ganhou demais, além disso é uma cidade que fica lá no cafundó do judas”, disparou Bacelar, mais conhecido por Nota Dez, que já foi prefeito de Chapadinhas por duas vezes.

O mais curioso é que estavam presentes os representantes daquela cidade na sessão em que Murad tentou esclarecer dúvidas sobre a aplicação das verbas do setor de Saúde, sob sua gestão.

Carlinhos Amorim estava calado e ficou mudo. Léo Cunha fingiu que que não ouviu nada e ficou de boca fechada para não entrar mosquito, Valério Macêdo parece que tinha um cotonete nos ouvidos e, pasmem os senhores, Dr. Pádua escondeu a cabeça entre as pernas.

Lamentável que Imperatriz não tenha representantes para defender seu povo e muito menos deputados eleitos para segurar a bandeira da sua transformação. Uma lástima!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19



O Hospital Municipal de Imperatriz, o “Socorrão” confirma os dados divulgados pela imprensa e pelas autoridades do trânsito, só no primeiro semestre foram registrados 1.687 acidentes, com cerca de 1.900 pessoas com entrada registrada naquela casa de saúde com escoriações ou lesões graves que levaram até a morte.

A secretária de saúde Conceição Madeira disse à reportagem que grande parte dos leitos de UTI de Imperatriz é ocupada por pacientes vitima de acidente de moto e que o aumento da demanda com acidentes dessa natureza diminui o espaço de quem originariamente tem outra enfermidade e precisa desse atendimento de urgência.

Os acidentes, na opinião dela, poderiam ser evitados se houvesse uma maior atenção por parte dos condutores que abusam quando estão pilotando seus respectivos veículos pelas vias urbanas do município.

A velocidade não compatível para o trecho e a falta de atenção do condutor são alguns dos fatores que segundo a secretária de saúde de Imperatriz Conceição Madeira contribui para o aumento das estatísticas.

Conceição Madeira disse que preocupada com essa situação, que se tornou um caso de saúde pública, a Secretaria de Saúde se junta à Secretaria de Trânsito por uma grande mobilização pela Paz no Trânsito.

“Será feita uma grande caminhada pelo centro da cidade por meio da qual queremos chamar a atenção da cidade, sobretudo para os condutores de moto para que observem as regras de trânsito e evite acidentes” destacou a secretaria.

A Caminhada Pela Paz no Trânsito será nesta sexta-feira às 8 horas da manhã. A concentração será na Dorgival Pinheiro , em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Saúde.



Assessoria

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D