Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Antônio José (DEM) "Estou mais vivo do que nunca!"

O vereador Antônio José, usou a tribuna da câmara devereadores de Imperatriz, para repudiar a atitude dos diretores do sindicatodos professores, o Steei, que teria usado a foto e nomes de vereadores com uma cruz emuma passeata realizada na semana passada.

Segundo o vereador, a atitude não condiz com a de umprofessor e disse, ainda, que apesar não ter tido condição de estar presente navotação que concedeu o aumento de 6% aos educadores o seu nome estaria sendoexposto, mas disse que teria votado com a querência de sempre e não paraagradar. Apesar de não ter o hábito de pedir a parte, o vereador Zé Carlos,usou também o espaço para repudiar a mesma atitude, segundo suas palavras; omovimento seria esdrúxulo, de gaiatos e moleques e citou o exemplo recente do México,onde o parlamento fez um corte de regalias, para que ossindicatos não continuem a estrangular o Estado.

A vereadora Caetana (PSDB), que também é professora, disse queo PT aumentou o salário dos professores por pressão do sindicatos porque foramfrouxos e medrosos, mas o município não teria condição de atender a demanda,tanto que o prefeito acabou por perder o controle das contas, disse ela; “Naépoca eu estava na mesma reunião que o prefeito, mesmo sem ter condições, cedeua pressão do sindicato”, finalizou.

UNANIMIDADE

Fátima  (PMDB)"Minha sobrinha me ligou desesperada".
Durante o uso da tribuna no pequeno expediente, o geral arevolta dos vereadores com relação ao uso de seus nomes em uma cruz, na caminhada do Steei. Avereadora Fátima Avelino (PMDB) disse que teve que acalmar sua sobrinha queligou pra ela em estado de choque ao ver a imagem em uma página social. Overeador Antônio José (DEM), disse que, apesar de ter estado ausente em funçãode exames que realizou em Fortaleza, exatamente nos dias das discussões na câmara,ele estaria mais vivo do que nunca e não em uma cruz e disse: “Essa atitude nãocompete a um professor” e adiantou que entrará com uma representação contra o sindicato por ter usado o seu nome mesmo ele estando ausente da votação. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:39


A denuncia é do vereador Carlos Hermes, que usou a tribuna para reclamar doaumento do preço da passagem do ônibus coletivo, da empresa VBL, que faz alinha para a Vila Conceição, povoado que fica na margem esquerda da BR-010, sentido Açailândia. Segundo ele, moradores e estudantes queixaram doaumento que foi de R$ 3,50 para R$ 5,00.

O vereador alertou sobre o repasse que deveria ter sidoaprovado pela câmara de vereadores, no entanto, nenhum projeto deste tipo teria passado para a discussão, sendo assim, a medida de aumentar o preço dapassagem pela empresa seria totalmente irregular. Para Carlos Hermes, a empresa deveria estar preocupada em implementar as mudanças e melhor os ônibus e não pensar em aumentar o preço das passagens.

O vereador disse que irá pedir a comissão responsável quecertifique sobre a denuncia, que também poderá ser feita ao ministério publico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54


Servidores municipais da cidade de Estreito-MA, cidade situada nafronteira do Estado do Tocantins no sentido Sul do Estado do Maranhão, temreclamado constantemente sobre o tipo de atendimento a que estão sendosubmetidos, ao procurar atendimento nas secretarias da gestão municipal.Segundo apurou o blog e confirma a veracidade das denuncias, os maus tratos e abusosde autoridade seriam exercidos pelo secretário de financias do municipal, o Sr.Cássio Batista.

secretario de financias ja foi demitido pelo mesmo motivo
Apesar do caso não ser mais isolado, ao que parece, visto que o mesmotipo de atendimento é dispensado em outras pastas, o que evidencia que a medidapode mesmo ser uma característica do governo.
 A maioria das pastas são ocupadas por empresários e ou pessoas que estãoenvolvidas no ramo, o que tira responsabilidade política e a cortesia; qualidade comum às exigências da própria função, tanto na atividade privada como na publica, mas apublica, por sua vez, com mais disponibilidade financeira, visto que a suaatividade economica não depende de seus clientes e por conseqüência, de um deum atendimento de qualidade.

No caso do secretário de financias, que não exige histórico de bons antecedentesno mercado de trabalho, mas sim uma amizade fraterna, currículo comum naatividade maçônica onde os irmãos na fé; Prefeito Cicin e o próprio secretáriose conheceram, são méritos suficientes para a contratação.

Só pra destacar, no ano de 2005, no Estado do Mato Grosso, o mesmosecretário de Financias do município do Estreito já teria sido afastado de umasecretaria por estar abusando do seu poder, como publicado em um site da cidademineira. (veja aqui)

Se não fosse verídico, seria impossível de acreditar em algo assim, ondeos servidores públicos e pessoas que buscam o serviço publico, estariam sendomaltratados pelo próprio secretário, visto que, é possível, que na própria empresado atual prefeito, um colaborador com esse tipo atitude já poderia ter sidodemitido, mas por outro lado, na atividade publica comandada pelo mesmo gestor o abuso de autoridade é meritocrático.

O que difere as duas atividades é a razão pela qual elas existem, no casoda política para o povo e da empresarial a busca pelo lucro, se a primeira distinguea segunda, é possível que o único objetivo do governo deva ser a mesma no qualbusca o verdadeiro empresário, é a única justificativa para não se colocar amáquina publica em beneficio do seu verdadeiro patrão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:58

 Yulla Torres, a jovem de 21 anos que tinha desaparecido no dia 21/04, e foi localizada pela delegacia regional de Imperatriz dois dias depois, nacapital do Estado do Ceará, Fortaleza, já está em sua residencia.

Yulla retornou a sua cidade, Porto Franco, nesta quinta-feira(25) e já se encontra na residência da sua mãe, que nos relatou os momentos vividosapós o seu desaparecimento e a felicidade de ter sua filha de volta a sua casa.“Tivemos momentos difíceis após o desaparecimento da Yula, mas eu sempreacreditei que ela estaria viva”, disse a mãe, Dona Lucimar Ramalho, que fez orelato pausadamente, por forte emoção e lagrimas.
Segundo ela, sua filha não teria motivos para ir a Fortaleza e teria ido somente com odinheiro da passagem, diferente do que tinha sido divulgado anteriormente; "Minha filha sempre foi calma e não ingerebebidas alcoólicas, é obediente e nunca teve distúrbios de comportamento", reforçou a mãe. 

Yula se encontra em sua residência na cidade de PortoFranco, onde se recupera a base de medicamentos e sob o acompanhamento de um psicólogo. Seu estado de saúde e emocional ainda está fragilizado, o que pode ter sido um dos motivos que teria feito a jovem tomar tal decisão. Amigos próximos confirmam que Yulla é uma pessoa de muitos amigos e que nunca teve problemas de relacionamentos, por isso muita gente ficou sem entender todo o ocorrido, mas, repudiaram a forma que algumas pessoas teria comentado sobre o seu desaparecimento em função dela ter sido encontrada em Fortaleza, o que não justificaria. "As pessoas que fazem comentários baixos é porque não conseguem olhar a situação e tentar compreender que problemas podem existir em qualquer lugar, e deveriam,tentar ajudar antes de fazerem qualquer julgamento", disse uma amiga, abalada, pois, segundo ela por algo que teria lido em uma pagina social.

Dona Lucimar, a mãe de Yulla, agradeceu a todas as pessoas que ajudaramde alguma forma na localização da filha e as pessoas que oraram e se preocuparamcom o seu bem estar e disse, ainda; “Estou a disposição para ajudar as pessoas,assim como também, desconhecidos se preocuparam e ajudaram nossa família”,finalizou.



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:23

Nazareno, pau mandado sem mandato.

por Holden, em 28.04.13
 
O deputado federal José Nazareno Cardeal Fonteles é do PT do Piauí e é membro da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal. Corrigindo: Nazareno Cardeal não é deputado federal eleito pelo PT e nem membro da CCJ. É suplente de deputado federal no Piauí, onde lhe faltaram muitos, mas muitos votos para que fosse eleito. Fez 45.000 e o último eleito do seu partido fez 70.000 votos. Também é suplente de José Mentor(PT-SP), o velho e conhecido Mentor, na CCJ. Na verdade, Nazareno Cardeal está na Câmara por acaso, pois não tem voto para tal. Mas como no PT nada é por acaso, João Paulo Cunha (mensaleiro condenado), José Genoino (mensaleiro condenado) e Décio Lima ( protetor da ONG da Lurian, aquela que fez sumir dinheiro da Fome Zero), estão usando o Nazareno Cardeal, que não tem mandato, para fazer o servicinho sujo da PEC 33, que pretende submeter o Judiciário ao Legislativo. Hoje o Nazareno Cardeal pediu a intervenção das Forças Armadas e a prisão dos ministros do STF. Uma manifestação de pau mandado, sem mandato, mas sob medida para esta corja que tomou conta do Partido dos Trabalhadores.

Coturno Noturno

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

RANIER BRAGON
EDITOR-ADJUNTO DE "PODER"
PAULO GAMA

DE SÃO PAULO

Patrocinado pelo Planalto e pelos seus dois principais aliados no Congresso, PT e PMDB, o projeto de lei que restringe a criação de partidos políticos no Brasil vai, se aprovado, turbinar em 26% o tempo de propaganda na TV de Dilma Rousseff em 2014.
Esse incremento daria à candidatura à reeleição da petista a maior fatia de TV da história das disputas presidenciais --15 minutos e 18 segundos em cada bloco de 25 minutos, ou 61% do total.

A medida foi incluída via emenda ao projeto, aprovada no final da noite do último dia 17 pela Câmara.
Gestado, entre outros motivos, para barrar as pretensões da ex-senadora Marina Silva de criar uma legenda e disputar a Presidência, o projeto teve a tramitação suspensa na quarta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, o que desencadeou nova crise entre Congresso e Judiciário.
Editoria de Arte/Folhapress
Mendes disse que o projeto tinha o objetivo casuístico de prejudicar as minorias. A cúpula do Congresso, comandada pelo PMDB, entrou no dia seguinte com recurso para tentar derrubar a decisão.
Em linhas gerais, o projeto de lei --que está hoje no Senado-- praticamente aniquila as possibilidades de criação de partidos ao vetar a eles maior acesso ao fundo partidário e à propaganda eleitoral, mecanismos essenciais ao funcionamento das siglas.
A medida prejudica não só Marina, mas os outros dois prováveis adversários de Dilma, o tucano Aécio Neves (MG) e o governador Eduardo Campos (PSB-PE). Isso porque interessa a eles o maior número de candidatos competitivos em 2014 como forma de evitar uma vitória do PT no primeiro turno.
PROJEÇÃO
A emenda aprovada pelos deputados retira fatia do tempo de TV distribuído de forma igual aos candidatos e a destina às grandes legendas. A aliança projetada de Dilma para 2014 é a mais robusta --incluindo PT, PMDB e PSD, três dos quatro maiores partidos da Câmara.
O cálculo feito pela Folhatoma como base a lei eleitoral e o atual cenário político --a definição oficial das alianças só se dá em junho de 2014.
A ampliação de 26% do tempo de TV de Dilma inclui não só os blocos fixos, mas as propagandas veiculadas nos intervalos comerciais das emissoras, as chamadas "inserções". Se o projeto passar, Dilma terá em torno de 7 inserções de 30 segundos por dia contra cerca de 3 de Aécio.
O palanque eletrônico, que ocupa a programação de TVs e rádios nos 45 dias anteriores às eleições, é o principal instrumento das campanhas.
A marca de 61% do tempo da propaganda supera a de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) na campanha à reeleição, em 1998, que teve 47%.

Entre os principais adversários de Dilma, Aécio elevaria sua fatia em 13%. Ele ficaria com 5min13s, menos do que José Serra em 2010 (7min19s). Campos perderia um pequeno percentual (ficaria com 10%) e Marina, caso consiga montar a Rede Sustentabilidade a tempo, praticamente desapareceria.

Seu tempo, que foi de 1m23seg em 2010, iria para 19 segundos nos blocos fixos, só 4 a mais do que os 15 segundos que notabilizaram a oratória acelerada de Enéas Carneiro em 1989.

ESTADOS
A emenda terá um efeito cascata de beneficiar nos Estados os candidatos dos maiores partidos, principalmente PT e PMDB. Ela foi gestada pelo oposicionista DEM, que recupera um pouco do tempo de TV que perdeu após a debandada de filiados para o PSD de Gilberto Kassab.

Mas a votação na Câmara foi capitaneada pelo PMDB e contou com o apoio da maioria dos partidos aliados. A aprovação foi simbólica, sem registro nominal de votos. O PT liberou sua bancada a votar como quisesse.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20


No Palácio do Planalto, a versão é que o governo também foi pego de surpresa com a aprovação, na quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que submete ao Congresso decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). nesta quinta-feira, diante de clima beligerante entre Congresso e Judiciário, o vice-presidente Michel Temer entrou em campo e formalizou a posição do Planalto contra a aprovação intempestiva da PEC 33.
— Eu lamento até dizer isso, mas acho que houve uma demasia. Na verdade, a palavra última deve ser sempre do Poder Judiciário, especialmente em matéria de constitucionalidade, e mesmo em matéria de vinculação de uma determinada decisão para os tribunais inferiores — disse Temer, que é advogado constitucionalista. A orientação do governo, segundo auxiliares palacianos, era retirar o assunto de pauta, mas o autor da proposta, deputado Nazareno Fonteles (PT-PI), surpreendeu ao pedir preferência para a apreciação da matéria e conseguir aprová-la em votação simbólica, o que geralmente ocorre em temas que não são polêmicos.
 
No caso da liminar do ministro Gilmar Mendes suspendendo a votação do projeto contra os novos partidos, apesar da defesa que o Planalto faz da proposta, ao governo não interessa uma crise entre Judiciário e Legislativo. Por isso, Michel Temer conversou com os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN).
 
Nessa conversa, Temer disse não concordar com a PEC 33 nem com a liminar concedida por Gilmar Mendes. Considerou inadequada a liminar, pois, acredita, o STF só deveria se manifestar depois que o assunto tivesse sido aprovado. Mesmo assim, recomendou aos dois peemedebistas que abram um canal de diálogo com o Judiciário e não estimulem uma disputa entre os dois Poderes. ( O Globo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33


Ai, ai… Antes, Banânia era um país meio atrapalhado. Depois foi piorando. Nazareno Fonteles, um deputado do PT do Piauí, teve uma ideia: “E se a gente decidisse botar ordem no Supremo?” E aí resolveu fazer uma Proposta de Emenda Constitucional.
Certo! A porta de entrada para a tramitação de um texto é a Comissão de Constituição e Justiça, a CCJ, onde brilham os condenados José Genoino (SP) e João Paulo Cunha (SP). Os dois, ora vejam!, ajudaram a dizer “sim” ao texto. Leiam o que informa Laryssa Borges, da VEJA.com. Volto depois com algumas considerações, talvez menos óbvias do que o embate sugere.
*Em uma ação coordenada das bancadas governistas na Câmara dos Deputados, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou nesta quarta-feira uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que submeterá algumas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) ao aval do Congresso.
De acordo com a proposta, que passou pela comissão sem sequer ser debatida, as decisões do STF sobre as chamadas ações diretas de inconstitucionalidade (Adin) terão de ser analisadas pelo Legislativo. Outro ponto do texto estabelece que as súmulas vinculantes (mecanismo editado pelo STF que deve ser seguido por todas as instâncias do Judiciário) também serão submetidas ao crivo do Congresso antes de entrar em vigor. Caso os parlamentares rejeitem as decisões do Supremo no julgamento de uma Adin, o tema será decidido por meio de consulta popular.
A proposta altera o quórum obrigatório para que o STF possa declarar uma lei inconstitucional: será necessário quórum de 4/5 dos ministros da corte. O texto ainda proíbe que um ministro do Supremo, em decisão individual, conceda uma liminar para suspender a eficácia de uma emenda constitucional.
A proposta agora será analisada por uma comissão especial na Câmara e, se aprovada, seguirá para o plenário. Depois, também é necessário passar pelo Senado antes de ser promulgada.
Com o nome formal de PEC 33 e patrocinada pelo deputado petista Nazareno Fonteles (PI), a proposta foi aprovada em votação simbólica pela CCJ na mesma semana em que foi publicado o acórdão com as sentenças do mensalão. Dois réus condenados, os deputados João Paulo Cunha (PT-SP) e José Genoino (PT-SP), participaram da votação.
“Precisamos resgatar o valor da representação política, da soberania popular e da dignidade da lei aprovada pelos representantes legítimos do povo, ameaçadas pela postura ativista do Judiciário”, argumentou Fonteles.
A tentativa de amordaçar o Supremo havia sido prometida pelo ex-presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), que ameaçou retaliação à corte por ter determinado a cassação do mandato dos quatro deputados mensaleiros – João Paulo, Genoino, Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT). Na época, Maia ameaçou acelerar a tramitação dos projetos que alteravam consideravelmente as atribuições do Supremo.
Por Reinaldo Azevedo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Marcio Jerry, o comunista discursa em favor de Dirceu
José Dirceu, réu condenado pelo crime de corrupçãoativa, formação de quadrilha e por comandar a compra de votos de deputados,considerado um dos mentores do maior escândalo que o sistema político brasileirojá esteve envolvido, o mensalão, condenado o ano passado a 10 anos e 11 meses decadeia, foi recebido no aeroporto da capital com as devidas honrarias feitas porpetistas do alto escalão do governo, prefeitos e até o vice-governador do Maranhão,Washignton Luis. Logo depois José Dirceu seguiu para o palácio dos leões, ondefoi recebido pela governadora Roseana Sarney.

 Para a classe política aliada do recém condenado e prestes a ser preso após a sua última defesa perante o supremo, a presençade José Dirceu é motivo para fotos e reverencias de estadista, mas para asociedade que observa atenta ao cumprimento das decisões e que  espera que o julgamento resulte em punições concretas, por questão de ética, a atitude é motivo de vergonha, mais ainda por estar no Maranhão, um Estado com os piores índices de IDH, indiscutivelmente devido a própria corrupção. Para quem trata os recursos públicos como seus, é mais uma afronta,principalmente por tal encontro ter ocorrido no Maranhão, o Estado rico emterras, em portos, em produção de grãos e agora gás, e ser o Estado maismiserável da federação brasileira.
Vice governador e prefeitos recebem o condenado Dirceu

José Dirceu em sua visita ao "miserável Estado do Maranhão",conseguiu até unificar em prol da sua defesa os dois grupos politicos do Estado, da oposição e a situação, em uma reunião onde o chefe domensalão tenta politizar sua condenação. Marcio Jerry, Washington(vice-governador) e aliados políticos sentaram na mesma mesa e dividiram omesmo discurso. -  Afinal são iguais.

Há quem diga que os objetivos fins servem para justificar os meios, eclaro, para a preservação ou conquista do poder. Mas a sociedade miserável,sustentada por uma bolsa esmola também miserável, a justificativa é mais umaentre aquelas que os bandidos comuns, os bandidos pobres, usam como desculpaspara justificar suas malandragens, afinal, são larápios da mesma forma, como uma pouca exceção  afinal, até então, o bandido rico ainda não vai pra cadeira. Averdade é que se são bandidos ou político, como JoséDirceu, tem enriquecimento desproporcional e construiu uma rede de corrupção que foi o mensalão, ele também é responsável pela miséria do povo que,manipulados, o sustentam no poder e até podendo ter honras como a recebida no paláciodos leões. Afinal, é o companheiro e camarada José Dirceu.
Apesar de a oposição tentar estabelecer a frente naconquista e tomada do Estado pelo voto, como almejam que ocorra no próximo  ano de eleições, nenhum desses oposicionistas questionaram a vinda dochefe do mensalão a São Luis e talvez esse seja o único erro de Roseana, quenenhum deles terá coragem de dizer uma só palavra.

No final, são todos companheiros...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00



BURITIRANA - NOTA DE ESCLARECIMENTO.

Vactônio Brandão -
prefeito de Buritirana
Após anotícia publicada por parte da imprensa de Imperatiz, sobre a manifestação dealguns funcionários públicos a respeito de atraso no pagamento dos seussalários, a prefeitura de Buritirana-Ma, por meio da sua assessoria jurídica, prestouesclarecimento  dos fatos.

A nova gestão da cidade de Buritirana(Ma), realizou no mês de Janeiro/2013, atravésda Secretaria de Educação,um recadastramento de todos os funcionários públicosmunicipais,com a finalidade de se conhecer a realidade do município,devido alei de transição não ter sido cumprida pelo ex-prefeito,e pelo levantamentorealizado,nos editais dos concursos feitos anteriormente e nas listas deaprovados e classificados. A Prefeitura de Buritirana,tem atualmente,segundoprojeções modestas,pelo menos 100 portarias falsas,o que significa dizerque 100 pessoas tiveram sua entrada no quadro de servidorespúblicos municipais chanceladas por meio de decretos no mínimo duvidoso.

E, atéque tudo seja esclarecido,na forma da lei, o prefeito municipal,Vagtônio Brandão,baixouum decreto determinando que a procuradoria geral do município apurasse os fatosem questão.A suspensão dos pagamentos dos salários,é decorrente,que hoje essessupostos funcionários ,não estão na condição de efetivados e nem decontratados,e também não estão trabalhando,como foi alegado.

APrefeitura esclarece ainda, que no município de Buritirana(Ma),não existemsalários atrasados de nenhuma categoria profissional,sejam concursados oucomissionados,informa ainda que foi pago todos os salários atrasados dos mesesde Outubro,Novembro e Dezembro/2012 e mais o 13º,deixados pela gestãopassada,e,com caixa atual da prefeitura,já que não houve a preocupação e nem ocompromisso do ex-prefeito (Zé Do Mundico) de sequer deixar dinheiro em caixa.

APrefeitura informa também, que,assim que for tudo esclarecido,todos os direitosserão garantido a quem realmente e legalmente os tem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54


Mesmo faltando muito tempo para as eleições municipais, nãohá como não discutir a eleição Estadual sem condicionar as duas,e é até inevitávelque esses debates não façam parte das rodas políticas, mesmo não sendo oprincipal tema, pelo menos por enquanto.
Madeira - trabalho para garantir a sucessão
As atitudes de alguns pretendentes mesmo que ainda acanhados,demonstram claro interesse em se destacar de qualquer jeito como candidatos, e acabam, de certa forma, por transparecer uma indefinição governistacom relação a um nome que tenha reais condições e cacife eleitoral na próxima eleiçãomunicipal.

Pela primeira vez na história política recente deImperatriz, não teremos os principais candidatos a prefeito que sempre fizeram partedas acirradas campanhas eleitorais, no entanto,  é quase inevitável que o atual prefeito,Sebastião Madeira, não se interesse em lançar o sucessor, e que venha a atender o que a população acredite ser umcandidato ideal para substituí-lo.

Claro, que além dos discursos e o conjunto de obras quedevem ser feitas para construir a sucessão para enfrentar a eventual e natural candidataRosangela Curado, é imprescindível que a estatura política também deve ser, semduvidas nenhuma, o ponto primordial para qualquer candidato que almeje chegar apalácio municipal.
Conceição formiga - confiança e estatura
politica eleitoral.

Mas quem seria esse? Que, poderá esperar nas obras e demaisações de governo a serem realizadas ao longo dos quatro anos pelo atualprefeito, lhe dariam condições de um candidato concorrer com a possibilidadeconcreta de uma eleição?

O que vimos nas eleições municipais, é que após umareeleição, aonde o líder de um grupo político - seja ele qual for -,  chega ao final do segundo mandato tendo quefazer o sucessor, é que na maioria das vezes isso não ocorre,  o que pode ser causado por falta deplanejamento ou um determinado foco antecipado ou até mesmo uma estratégia bemdefinida, independente do que seja o problema que exista em eleger o sucessor,alguns pontos podem ser observados, afinal, cada eleição é uma nova eleição, eum dos pesos políticos que podem ocorrer durante o processo é o atual prefeitode Imperatriz, Sebastião Madeira, ser obrigado a apoiar um candidato que nãovenha do PSDB.

Igor Lago, pretenso herdeiro do espolio politico
de Jackson Lago em Imperatriz...
Hoje, sem servir como parâmetro para a eleição que ocorrerásomente daqui a 4 anos, só a secretária da Mulher, a tucana Conceição Formiga,seria capaz de enfrentar, com estatura política, uma campanha eleitoral em 2017, sem precisar passar pela eleição do ano que vem (2014).Isso, com reais chances de vitória, sem rejeição e com inserção em todos osmeios sociais e políticos.- Alguém tem duvidas?

Apesar de ser uma das pessoas mais carismáticas do governoMadeira, ainda haveria quem discordasse de alguma forma do seu nome, talvez atépor questão da idade, que não é uma questão que impossibilitasse tal projeção,visto que sua irmã foi eleita no ano passado vice- prefeita de Bacabal, com aidade muito superior a que ela estará em 2017.
Conceição Formiga é a única candidata que ninguém teria motivoscontrários, e quem ousasse a pensasse em dizer algo ruim, decidiria permanecercalado.

Pr. Porto, vice prefeito.
Resumindo: Não adianta acreditar  que a sucessão municipal para a alagovernista será viabilizada somente através de uma projeção mediana construída poruma secretaria municipal ou de qualquer outra função, que na maioria das vezesa massa, o povo, nem se quer conhece as suas ações ou sua história. Mas nãopoderíamos desprezar de forma alguma um candidato a deputado federal ou aestadual que massificasse sua eleição dentro da cidade, e com estatura própriaconstruída através dessa eleição construiria uma projeção para a candidatura deprefeito, como pode ocorrer com o Pr. Porto, atual vice-prefeito e pretenso candidato a deputado Federal, {motivos que podem coincidir com a projeção esperada para a sucessão}, mas nopartido a ser criado; o Mobilização Democrática, ou o Igor Lago; pretenso candidato a Deputado Federal, mas que pode alçar sua projeção politica como herdeiro do espolio do ex-governador Jackson Lago em Imperatriz, talvez até pelo próprio PSDB.

Construir um nome em Imperatriz para uma candidaturamajoritária, será tão difícil quanto ter que esperar, após uma derrota, apróxima eleição.

Se julgarmos por outros tempos, qualquer grupo político quedeseje chegar ao poder estará a mercê do resultado, pois qualquer experiênciadaqui a 4 ou 3 anos e meio, tanto faz o tempo, será uma mais uma novaexperiência, afinal, não existe Davi, não existe Renato, nem Jomar, não teremosIldon e não existirá Madeira candidato a prefeito.
Será um momento impar e quem esperar pra ver, poderá ver oque não quer...  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00


Prefeito de Porto Franco (MA), eleito em outubro de 2012Aderson Marinho Filho (PDT), vem aos poucos, mesmo com algumas dificuldades mantendo a ordem e o desenvolvimento herdado pelo seu antecessor Deoclides Macedo. Deoclides foi prefeito por três mandatos e em virtude de suas articulações, foi reconhecido por duas vezes como Prefeito Empreendedor, prêmio concedido pelo SEBRAE/MA. Como reconhecimento foi reeleito em 2008 para o terceiro mandato com 90% dos votos de Porto Franco, uma votação histórica, uma das maiores do país, ocasião em que fiz parte da equipe de produção do programa de rádio para o horário político.

Deoclides Macedo, ja foi eleito
prefeito  empreendedor
Aproveitando à confluência de rodovia, ferrovia e rio navegável, os eixos do crescimento econômico do Maranhão, Deoclides transformou o município num ponto modal aglutinador do desenvolvimento de toda a região. A receita foi simples, investiu em projetos sociais, priorizando educação, com destaque hoje para as Escolas de Tempo Integral, pioneiras no Maranhão. A prestação dos serviços públicos também atingiu níveis de excelência e credibilidade únicos. Os investimentos em infraestrutura, saúde, habitação e revitalização urbana transformaram o município em um polo regional de atração de investimentos.  A cidade passou a ser referencia de organização e gestão pública.
É lógico que o que é bom deve ser copiado e aperfeiçoado. É o que vem acontecendo. Porto Franco está sendo espelho para Estreito, pois, ate a rodovia esta sendo copiada e pelo visto, deve ser feita nos mesmos moldes, inclusive a iluminação as margens da BR.

Tudo indica que o prefeito de Estreito pretende galgar o mesmo caminho do prefeito empreendedor do Maranhão, no entanto, ainda tem muito chão pela frente, pois, Porto Franco já tem escola de tempo integral, Samu, faculdade. E isso, não se faz em 04 anos, é preciso tempo, boa vontade e capacidade de liderança. Para um indivíduo se tornar um líder não basta somente querer, é preciso habilidade em articulação política, capacidade de liderar sem arrogância, equipe competente e com autoridade de fazer acontecer. Enquanto Estreito pretende começar a construção de casas populares, Porto franco saiu na frente.

Percebe-se que a atual gestão do município de Estreito não faz jus ao bom uso do quarto poder existente no jogo do poder que é a mídia, pois, a comunicação que deveria ser um canal aberto com o público, pelo visto, virou um departamento de eventos, onde se atende a própria equipe do governo, deixando o povo sem respostas para perguntas e assuntos pertinentes a sociedade, distorcendo o verdadeiro papel da comunicação social. Falta de profissionalismo? Não acredito que seja.

Mas, se Porto Franco deu certo, então que Estreito, ou qualquer outra cidade seja uma replica, o importante é que o povo seja atendido nos seus anseios.

Por Vilson Santos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:36

A disputa pela vaga no Senado Federal, em 2014, já começa a esquentar os bastidores da política maranhense. A nova rodada da pesquisa do Instituto Amostragem/Jornal Pequeno mostra que a governadora Roseana Sarney tem 44,69% na disputa pela vaga no Legislativo e o vice-prefeito de São Luís Roberto Rocha aparece com 33,77%.
Roseana, principal nome do Governo do Estado a concorrer ao Senado no próximo ano, está 10,92 pontos percentuais à frente do candidato oposicionista. Roseana já foi senadora e governou o Maranhão por 13 anos e Roberto Rocha, deputado federal por três mandatos. Hoje é vice-prefeito de São Luís.
No quesito rejeição, a governadora aparece com 35,54% dos eleitores afirmando que não votariam nela. Nesta mesma pergunta, Roberto Rocha reúne 13,85% em rejeição.
Quando é medida a rejeição para candidatos ao Senado, a pesquisa possibilita ao entrevistado apontar mais de um entre as opções. Não sabem ou não opinam reuniram 13,31% dos entrevistados. 1,92% disseram votar branco ou nulo e 11,23% disseram não rejeitar nenhum dos possíveis candidatos.
A pesquisa foi a campo entre os dias 4, 5 e 6 de abril, ouvindo 1300 pessoas de 40 municípios do Maranhão. Tem margem de erro de 2,66%, para mais ou para menos. Além do cenário para o Senado, a pesquisa mediu a disputa pelo governo do estado, conforme divulgado no Jornal Pequeno na edição do último domingo (14).
No quesito intenção de voto, o presidente da Embratur, Flávio Dino, chega a 62,15% dos eleitores entrevistados em um possível cenário de disputa com o secretário Luís Fernando, que apresenta 15,63% em intenções de voto. Não sabem ou não responderam correspondem a 15,62% e brancos e nulos, 7%.
No cenário em que disputaria o governo contra o ministro Edison Lobão, Flávio Dino aparece com 57,68% contra 27,38% do ministro de Minas e Energia. Nulos e brancos somam 4,62% e 10,31% não responderam ou não sabem.
No item rejeição, em que o entrevistador pergunta em quem o eleitor não votaria, Lobão tem hoje 32%, Luís Fernando 17,31% e Flávio Dino possui 10,08%.

Informações JP

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:54


O ex-presidente abordará política e economia internacional, além de iniciativas de combate à fome no mundo.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai produzir, a partir de junho, uma coluna mensal a ser distribuída pela agência de notícias do jornal New York Times. A coluna abordará política e economiainternacional, além de iniciativas de combate à fome no mundo.Nesta segunda-feira, 22, o ex-presidente se reuniu com Michael Greenspon, diretor-geral do serviço de notícias do NYT, e fechou contrato, cujos valores não foram divulgados.

A empresa vinha negociando a distribuição de artigos de Lula desde 2011. A assessoria de Lula informou que o contrato não prevê a obrigatoriedade da publicação dos artigos do ex-presidente no jornal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16

Reunião PLC 
O presidente nacional do Partido Liberal Cristão, pastor Osésa Rodrigues, esteve nesta semana em São Paulo para participar da reunião dos Líderes da Comissão Política da Igreja Tabernáculo Evangélico de Jesus: missionários  Jair de Oliveira, Getúlio Mapa, Sérgio Afonso,  Antonio Palaroni e o vereador Fernando Bispo, que trataram da Organização do PLC em São Paulo e da composição da igreja Casa da Bênção (ITEJ) no partido.

O vereador Fernando Bispo ficou responsável pela organização do partido na baixada Santista e o missionário Sérgio Afonso, além de compor a executiva estadual, irá organizar alguns municípios que ainda serão definidos com o presidente estadual do PLC.
Na ocasião esteve presente o Coordenador Político da Igreja do Avivamento Bíblico , pastor  Wladimir, que deu início a uma costura para futura composição CB/IAB para as eleições de 2014.

O PLC está bem adiantado na coleta de assinaturas, e estará devidamente registrado ainda neste semestre, segundo o presidente da sigla, Osésa Rodrigues.

Maiores informações:   Endereço: PARTIDO LIBERAL CRISTÃO
SIBS – Quadra 03 – Conjunto B – Lote 03
Núcleo Bandeirante – Brasília-DF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

Pág. 1/5



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D