Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais conhecida como “Rodovia da Morte”, a BR 135 foi palco de mais um acidente automobilístico tendo como vítima fatal o filho do cantor Cristiano Neves, que era produtor dos shows do pai. O última participação deles no Maranhão foi na cidade de Magalhães de Almeida domingo último, dia 28. 

Segundo o Portal R10, “O acidente aconteceu por volta das 6:30 da manhã desta terça-feira (30), próximo ao povoado Santa Marta, município de Corrente, no sul do Piauí”, e teve como vítima Adhemir Teixeira Neves.

O portal informa ainda que “outros integrantes da banda foram socorridos pelo Samu e encaminhados ao Hospital Regional de Corrente, João Pacheco Cavalcanti”.
Por Luis Cardoso

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

ABSURDO!!!
DRAGAS ESTÃO ESTACIONADAS EXATAMENTE EM CIMA DA CONHECIDA PRAIA DO CACAU
Um verdadeiro crime vem ocorrendoem Imperatriz todos os dias, no entanto, as conhecidas dragas (ou dragueiros)que extraem areia do rio Tocantins não param de cometer ações graves e quepodem custar a vida de pessoas quando as águas voltarem a baixar.

Neste momento (30/01/2018 às08:51) pelo menos 4 dragas estão em áreas de praias e que podem trazer tragédiasirreparáveis no período de veraneio. Quem conhece o rio sabe exatamente o quepode ocorrer, mas infelizmente tudo isso vem acontecendo ao longo dos anos semqualquer impedimento.
DO LADO DO TOCANTINS, DRAGAS ESTACIONADAS EM
CIMA DE OUTRA PRAIA


Com a subida das águas, os dragueirosoptam por retirar areia onde fica mais acessível, tanto do lado do Maranhãoquanto do lado do Tocantins, no entanto, as crateras criadas pelas extraçãodeixa os conhecidos porões e acabam tragando pessoas em períodos de veraneiose o pior, as mortes inexplicáveis que ocorrem no rio Tocantins ocasionadaspelos porões, nunca são responsabilizados os verdadeiros responsáveis e aoinvés de serem vítimas de ações criminosas são tratados como meras fatalidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:05

O Governo do Maranhão recebeu o Prêmio REMADD 2017, em reconhecimento às ações realizadas a partir da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv) que contribuíram para a política sobre drogas no estado em 2017. A solenidade de entrega da premiação foi organizada pela Rede Maranhense de Diálogos sobre Drogas (REMADD), na última sexta-feira (26), no Teatro da Cidade.

O Prêmio REMADD é uma forma de homenagear pessoas e instituições que atuam na política sobre drogas no Maranhão. A REMADD foi criada em 2015 pelo militante social Erisson Sousa, tendo como princípio a defesa dos interesses das personalidades e instituições que atuam conforme a Lei nº 11.343/06, conhecida como Lei de Drogas, que possui eixos temáticos de atuação na prevenção para o não abuso, o tratamento de dependentes químicos e o combate ao narcotráfico.

A secretária estadual da Juventude, Tatiana Pereira, ao receber o prêmio definiu como um reconhecimento à qualidade do trabalho desenvolvido pelo Estado, através da Seejuv, em ações de valorização da vida da juventude, especialmente com a realização da Campanha Juventude Prevenida, que tem como objetivo desenvolver estratégias para o enfrentamento, redução e prevenção dos índices de vulnerabilidade da juventude maranhense no período carnavalesco, com foco na prevenção das IST’S/AIDS, acidentes de trânsito, alcoolismo e outras drogas.

“A Campanha Juventude Prevenida tem alcançado um impacto social muito importante no que tange a mobilização e prevenção da juventude às drogas, com distribuição de material informativo e a realização de oficinas em escolas, além da parceria e apoio de instituições dos Conselhos Escolares sobre Drogas, em parceria com a Seduc e outros órgãos. O reconhecimento pela REMADD vem ressaltar a importância dessa ação e confirmar que estamos no caminho certo nesse propósito de contribuir para a valorização da vida da juventude maranhense”, destacou.

O presidente da REMADD, Erisson Sousa, falou sobre a importância da parceria das várias instituições no trabalho da aplicação das políticas sobre drogas no estado. “Para nós é uma honra e uma responsabilidade muito grande reunirmos, nesta noite maravilhosa, personalidades e instituições de todas as regiões do nosso estado. Aqui, estamos todos unidos por uma causa: cuidar de pessoas. Cuidar do próximo é a nossa bandeira”, disse. 

Erisson Sousa ressaltou ainda a parceria do Governo do Maranhão no desenvolvimento de ações específicas para a área. “Muitos anos esperamos para que o governo fizesse o que hoje está sendo feito no Maranhão. Em apenas um ano foram criados o Fórum Estadual de Política sobre Drogas, o Comitê Estadual de Políticas sobre Drogas e os Seminários Estaduais de Políticas sobre Drogas. Essas estruturas estão fortalecendo as instituições da sociedade civil. Hoje o nosso Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) não é o de outrora”, destacou o presidente da REMADD.

Ao todo, foram homenageadas 138 personalidades e instituições de vários municípios e regiões do estado. O Prêmio REMADD contempla as categorias de ações denominadas de Prevenção, Cuidado e Acolhimento, Redução de Danos Sociais e à Saúde, Reinserção Social, Comunicação, Pesquisas e Avaliações, Literatura, Justiça e Segurança, Políticas Públicas e Grupo de Mútua Ajuda. A Seejuv recebeu o prêmio na categoria Políticas Públicas. 

Além da Seejuv, o Governo do Maranhão também foi premiado através das Secretarias de Estado da Educação (Seduc), do Desenvolvimento Social (Sedes) e da Igualdade Racial (Seir).
Anexos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

Para as lideranças indígenas, os índios que assaltam na rodovia, sujam a imagem de todos e denunciam interferência do deputado Rigo Teles

Lideranças indígenas das aldeias que ficam ao longo da BR-226, no trecho entre as cidades de Barra do Corda e Grajaú, denunciam a interferência do Deputado Estadual Rigo Teles com o objetivo de soltar índios considerados bandidos e perigosos, presos recentemente em operação da Polícia Civil, Militar do Maranhão e PRF sob acusação de envolvimentos em roubos e assalto a mão armada.

Segundo um grupo de índios que entraram em contato com a edição do blog, o parlamentar estaria ajudando a liberar os índios considerados criminosos para obtenção de vantagem eleitoral. Eles revelam que esse tipo de criminosos sujam a imagem dos índios, e denunciam;



  “Não adiantou nada o esforço das lideranças indígenas, da polícia militar, civil e PRF, em coibir atos ilícitos ocorridos na BR 226, onde estamos a favor da justiça e o parlamentar em favor da bandidagem... absurdo isso, enquanto isso a sociedade civil ficam aí tachando todos os indígenas de bandidos, que na realidade jamais vamos ser conivente com esses crimes, temos plena convicção de que estamos fazendo a nossa parte, contribuindo com a justiça”, denunciou um dos líderes índios e que vamos preservar sua identidade para evitar retaliações.

“Se é pra político pagar com liberação de gente que é acusado de engrossar o caldo dos assaltos na BR em troca de VOTOS, pra depois todo o nosso povo pagar por isso, então não adianta fazer de contas que prende, pra político levar fama de bom moço”, denunciou.

ENTENDA_


A Polícia Civil e Militar do Estado do Maranhão, por intermédio da 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda, coordenada pelo delegado Renilto Ferreira, em trabalho conjunto com a Polícia Militar do 5ª BPM, prendeu quadrilha de assaltantes que agia na BR 226, entre Barra do Corda e Grajaú.

O grupo e suspeito de diversos assaltos a mão armada, a ônibus e caminhões na reserva indígena Cana Brava, agindo na maioria das vezes de forma violenta, sendo que no último assalto houve confronto dos criminosos com policiais que estavam no interior de um ônibus, resultando na tentativa de latrocínio, um policial militar foi alvejado e ferido na testa.
Após uma semana de intensa investigações das duas policias, a Policia Civil representou por mandados de prisões junto ao poder judiciário que foram deferidos e cumpridos na data desta quinta-feira (19), estando todo o grupo identificado e sua maioria (09) presos.
“Deixo aqui meus sinceros agradecimentos a comunidade indígena que habita a BR 226, comunidade está formada por cidadãos de bem que de forma muito honrosa apoio integralmente o trabalho da polícia e com esse apoio (por não pactuarem e muito menos aceitarem maus elementos em seu meio) possibilitaram a identificação e prisão dos suspeitos, restando claro que o povo indígena dessa região, em sua intensa maioria, são pessoas de bem e honestas.” Falou o Delegado Renilto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22


Com quase 3 meses de salários atrasados, Dario Sampaio conseguiu ser pior que os piores prefeitos que passaram em Senador la Roque

A população da cidade de Senador La Roque não hesitou em eleger o prefeito Dario Sampaio (PP) na última eleição, mesmo sabendo das dificuldades que o mesmo teria em administrar uma cidade que ele mesmo ajudou a sucatear quando participou da gestão do ex-prefeito João Oliveira. 

Dario, é o mesmo que foi preso suspeito de envolvimento em um esquema criminoso batizado, na época, de “operação rapina”, onde configurava como contador de várias prefeituras, entre elas a própria “terra arrasada” Senador La Roque. 

Teimosos, a população resolveu dar uma chance para o prefeito, Dario Sampaio e o vice-prefeito, Rinaldo da Quejeira, ambos moradores de Imperatriz. 

Bem, seria acreditar de mais que poderia dar certo.

A última, no entanto, o Ministério Publico foi obrigado a intervir para que seja reparado o descontrole financeiro que afeta a gestão que culminou com não pagamento dos vencimentos dos servidores referentes aos meses de Novembro, Dezembro e agora às vésperas de vencer também o mês de Janeiro.

Só para exemplificar o descontrole e falta de perspectiva que passa a pobre Senador La Roque, nenhuma prefeitura da região Tocantina passa por tamanha desorganização. 

Afim de repor a ordem econômica e social, a Promotoria da Comarca de Senador La Roque ingressou, no último dia 22, com uma Ação Civil Pública contra o Município, na qual cobra a regularização do pagamento dos salários do funcionalismo municipal, ainda referentes ao ano passado (2017). 

De acordo com as investigações do Ministério Público do Maranhão, ficou comprovado que o município não vem pagando regularmente os salários desde junho de 2017, mesmo a prefeitura tendo recebido regularmente todos os repasses Fundo de Participação dos Municípios (FPM), de Saúde e Ensino (FUS e Fundeb), além de parcelas de impostos como ICMS e IPVA.

Para o promotor de justiça Edson de Miranda Cunha Filho, a situação é desumana com os servidores que sofrem com os constantes atrasos em verbas alimentares, além de ilegal, pois desrespeita a legislação, inclusive ao que determina a Constituição Federal, ressalta a ação.

O Ministério Público requer, em medida liminar, que sejam bloqueados os valores da complementação dos 15% do Fundeb 2017, que está prestes a ser recebida pela administração municipal ou, alternativamente, que seja determinado ao Município que utilize esses valores integralmente no pagamento dos salários de novembro e dezembro de 2017 ao funcionalismo público.

Em caso de descumprimento da decisão, pede-se que seja aplicada multa de 20% sobre o valor da causa diretamente ao prefeito de Senador La Rocque, além das sanções previstas ao crime de desobediência (detenção de 15 dias a dois anos, mais multa).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50


Reinaldo Amaral Lima, de 33 anos, foi detido por uma guarnição da Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira (29), próximo a agência da Caixa Econômica Federal, em Bacabal. Ele foi denunciado pela própria esposa que o acusa de ter se apossado [sem autorização] do aparelho celular quando este estava carregando a bateria.

O casal vive maritalmente há 8 anos e reside no bairro Vila da Paz, entretanto, o longo tempo de convivência não impediu que despertasse em Reinaldo a desconfiança que estivesse sendo traído e, por essa razão, teria aproveitado um descuido da esposa para pegar o celular, revelou o acusado.

Antes de ser detido ele ainda tentou se desfazer do aparelho, mais já era tarde. Na delegacia, a mulher, que preferiu não ser identificada, disse que a intenção do esposo seria levar o celular até uma loja para ser desbloqueado e, então, ter acesso as suas conversas. 

Ela também revelou sofrer violência doméstica. Reinaldo confirmou ter ciúmes e desconfiança de está sendo traído pela esposa.

fonte: blog do Matias

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23

O corpo alvejado por pistolas calibre ponto 40 foi encontrado na manhã de hoje (29) no povoado Bananal, município de Edison Lobão, situado a 7km de Imperatriz-MA.

Segundo informações da Polícia civil, que esteve no local e investiga o crime, a vitima Zildemar Maciel [32] é de Tabuleiro do Norte e trabalhava numa fazenda da região. 

Peritos do IML contataram preliminarmente pelo menos 14 tiros. 

Informações que chegaram a polícia a vítima foi morta por dois homens que estavam numa Hilux prata.

O corpo foi removido para IML onde aguarda familiares fazer o reconhecimento, informou o jornalista fotográfico Pinheiro, do blog noticia da foto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18

Final da noite de domingo (28), uma equipe da PRF foi acionada para atender ocorrência de acidente de trânsito com óbito próximo à cabeceira da ponte do Bananal.

Por volta das 21h30, no Km 236,5 da BR 010, município de Governador Edison Lobão, uma Honda / POP de cor vermelha e placa QKL-1894/TO invadiu a contramão de direção e colidiu frontal com uma carreta que seguia no sentido contrário. 

O condutor da moto, JOSIVAN PEREIRA DA SILVA, 35 anos de idade, não habilitado, natural de Xambioá / TO, morreu no local devido o forte impacto.

PRF, ICRIM e IML se deslocaram até o local do sinistro para coleta de dados, realização de perícia e recolhimento do corpo.

Fonte: PRF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:10


A Promotoria de Justiça de Carolina emitiu Recomendação para que a Prefeitura do município, incluindo os secretários municipais de Administração, Saúde, Agricultura e Abastecimento, para que, no prazo de 90 dias, sejam adotadas providências para a regularização das exigências de alvarás e licenças municipais destinadas ao funcionamento de estabelecimentos comerciais na cidade.

No documento, o promotor de justiça Marco Túlio Rodrigues Lopes solicita que os destinatários informem ao Ministério Público, num prazo de três dias a contar do recebimento, sobre o atendimento ou não da Recomendação, esclarecendo procedimentos e cronogramas adotados para o cumprimento do que foi sugerido.

O texto orienta aos gestores municipais que estabeleçam prazo, caso haja necessidade, para que todos os estabelecimentos ostentem os documentos exigidos para o seu funcionamento. Acrescenta, ainda, que a não observância das determinações deva ensejar a adoção de medidas administrativas, especialmente aquelas relacionadas às competências da Vigilância Sanitária, fixando, se necessário, ordem de fechamento e/ou encerramento das atividades dos estabelecimentos irregulares.

Ao justificar a Recomendação, Marco Túlio Lopes explicou que a Promotoria de Carolina, em procedimentos extrajudiciais realizados, já constatou que vários estabelecimentos comerciais funcionam irregularmente no município, ou seja, não possuem autorização, por meio de alvará ou licença. Além disso, segundo o promotor de justiça, foi verificada uma grande resistência dos proprietários em obter tais documentações.

O membro do Ministério Público lembrou que, de acordo com os dispositivos legais, alvarás e licenças para funcionamento de estabelecimentos comerciais são concedidos a título precário, podendo a Prefeitura cancelá-los a qualquer tempo. “Poderá haver cassação de eventuais licenças ou alvarás sempre que se verifique que a atividade se torne prejudicial à higiene, ao sossego, à segurança ou aos bons costumes”, afirmou.

O descumprimento das orientações do Ministério Público poderá ensejar a tomada de providências cabíveis, inclusive o ajuizamento de ação por improbidade administrativa.

MPMA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:06

por Willame Ferraz

A Prefeitura de João Lisboa, por meio da Secretaria de Saúde e da Coordenação de Imunização do Município orienta a população quando se deve tomar a vacinação.

A vacinação é considerada pela Organização Mundial da Saúde a forma mais importante de prevenir a febre amarela. 

Tanto que é a vacinação freqüente que impede que a doença se espalhe mesmo em áreas endêmicas. É preciso que ao menos 80% da população seja imunizada contra um vírus para prevenir a doença nestas regiões.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacina com dose completa dura a vida toda, enquanto a fracionada valerá por oito anos.

Inicialmente, estimava-se que a proteção da dose fracionada seria apenas de um ano, mas houve um acompanhamento com as pessoas que a receberam e o resultado foi satisfatório.

A vacina é mesmo necessária nas áreas consideradas de risco. No Brasil, a área de risco está aumentando. Recentemente a Organização Mundial de Saúde considerou todo o Estado de São Paulo como área de risco. Poucas são as regiões deste país onde não há risco, por outro lado o Estado Maranhão não é uma área de risco.
A coordenadora de imunização do município, Helena Leocárdio alerta que a vacina só é disponibilizada para crianças acima de 9 meses e adultos até 59 anos de idade, e para quem vai viajar para áreas de riscos (Estados).

Para quem já tomou a dose não será mais necessário repeti-la ou procurar as unidades Básicas de Saúde para reforço da vacina, pôs segundo o protocolo do Ministério da Saúde o mesmo estará imune pelo resto da vida

Outro ponto importante é que pessoas que vão viajar precisam receber a dose da vacina, pelo menos 10 dias antes da viajem, respeitando as precauções e contraindicações da vacina.
No município de João Lisboa de acordo com o Secretário de Saúde Vílson Soares, a dose da vacina contra a febre amarela, nesse primeiro momento está sendo ministrada em crianças de 9 meses e em adultos até 59 anos.

Gestantes e idosos acima de 60 anos somente com análise de risco beneficio e sob prescrição médica e em quem vai se deslocar para áreas riscos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA) realizará, ainda no primeiro semestre de 2018, novo concurso público para o provimento de 51 vagas para nível fundamental e superior. Este já é o segundo concurso que o Instituto promove para preenchimento do quadro de servidores.
De acordo com o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, esta é uma das prioridades do Governo Flávio Dino. “Com uma gestão ética e transparente, agimos sempre em obediência aos princípios basilares da administração pública. Por isso, estamos realizando concursos em prol da maior qualificação dos serviços que colocamos à disposição dos cidadãos”, afirma.

Por meio do primeiro concurso promovido em 30 anos no órgão, foram oferecidas vagas para o cargo de Fiscal. Neste segundo certame, serão oferecidas vagas de nível fundamental para o cargo de Auxiliar de Serviços e vagas de nível superior em Direito para o cargo de Conciliador. Mais detalhes serão informados com o lançamento do edital, que ocorrerá ainda neste semestre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:44

A prefeitura da cidade de Porto Franco já lançou toda a programação para o carnaval 2018, com bandas e cantores de renome nacional, a cidade continua como uma das principais rotas do carnaval na região tocantina, além disso, uma vasta programação inclui blocos de rua, trio elétrico entre outros.

Para apimentar a folia dos brincantes, durante a passagem dos blocos haverá uma camioneta com uma promoção de cerveja em lata que pode chegar a 0,50 a unidade. (veja banner abaixo)

Sem duvidas o carnaval de Porto Franco continua sendo um dos mais organizados e esperados de toda a região.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11

foto: imperatriz noticias
Não é de hoje que o time do Imperatriz (cavalo de Aço) será utilizadocomo trampolim para pretensões políticas. Foi assim quando o Deputado Leo Cunhaassumiu o time, com Damiãozinho, que acabou não conseguindo o objetivo deleva-lo ao titulo e agora com o Adauto do Baratão, atual presidente. Sem cerimoniasou rodeios, todo mundo já sabia das pretensões do presidente, mas não de formatão escancarada.

Candidato por 2 vezes em Cidelândia, Adauto tem dificuldadeseleitorais, no entanto, o plano agora é lançar a sua filha Mariana Carvalhopara Deputada Estadual, onde será utilizado de toda a estrutura que possui,inclusive o Cavalo de Aço.

Em São Luís os times da capital também possuem historicamentea mesma serventia, como o vasco elegeu Eurico Miranda, o time do Corinthianselegeu o vice-presidente a câmara federal e assim por diante.


Só tem um problema com relação ao projeto do Adauto, é quenão faça como fez o Deputado Leo Cunha, que no dia seguinte após se elegerdeputado abandonou o time do Cavalo de Aço.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:23



Na noite desta sexta-feira, 26, a Polícia Civil conseguiu prender cinco suspeitos de participar do assalto a banco no município de Dom Pedro, a 324 km da capital. A prisão é resultado das investigações e buscas realizadas desde a madrugada, pouco após a ocorrência. 

No assalto, a quadrilha explodiu o caixa da agência do Banco do Brasil e chegou a trocar tiros com policiais da cidade, fugindo em seguida. O grupo foi autuado em flagrante e encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

“Após o acontecido, ainda na madrugada, percorremos a área na busca dos integrantes da quadrilha e conseguimos encontrá-los. Com eles apreendemos armas, material para produção de explosivos, drogas e dinheiro queimado, provavelmente do assalto. Indícios que comprovam a ligação entre eles e a participação no crime”, destacou o titular da Delegacia de Dom Pedro, que também responde pela Delegacia de Gonçalves Dias, Humberto Alves Júnior.

Os cinco homens foram detidos em diferentes pontos da zona rural de Gonçalves Dias e Governador Archer. Um dos detidos, o advogado Joaquim Avelino Sobrinho Filho, 32 anos, é apontando como mentor da quadrilha e responsável por garantir a logística de transporte e recursos para os assaltos. Com ele a polícia encontrou um montante de dinheiro queimado e diversos itens utilizados para produção de explosivos.

Os demais presos seriam ‘olheiros’ da quadrilha que eram pagos, entre outros, para monitorar a segurança na agência e informar o momento dos ataques. José Araújo Ferreira, 59 anos; Leandro Ferreira da Silva, 23 anos, que tem contra si acusações de tráfico de drogas e homicídio; e Fabiano Araújo Martins, 23 anos, que teria sido contratado pelo advogado e em depoimento o entregou à polícia como partícipe do crime. Ainda, Josiel José de Sousa, 56 anos, fazendeiro e suspeito de municiar a quadrilha. Com ele a polícia encontrou várias armas.

A quadrilha é suspeita, ainda, de participação no ataque a agência bancária em Senador Alexandre Costa e tem ligação com grupos de outros estados, especializados em assaltos a banco. Entre os crimes pelos quais os membros da quadrilha podem ser indicados estão homicídio, tráfico de drogas, sequestro, formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo, associação para o crime, roubo e organização criminosa. “Cada um será indiciado pelo crime ou crimes que cometeu”, reforça o delegado Humberto Júnior.

Equipes do Centro Tático Aéreo (CTA) e do Comando de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar) também participaram das buscas e prisões dos envolvidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:56


Levando pavimentação asfáltica e melhoria da infraestrutura de pontos que nunca haviam recebido atenção do poder público, o Programa Rua Digna já contempla 21 cidades maranhenses e mais de 100 vias de 33 bairros da Região Metropolitana de São Luís. O mutirão segue realizando obras executadas pela Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres).

Uma das obras concluídas recentemente foi em Cajari, a 200 quilômetros de São Luís, cidade atendida pelo Plano Mais IDH. O programa usa mão de obra dos próprios moradores para pavimentar ruas que antes eram tomadas por poeira, lama e buracos. Isso gera emprego e renda para a comunidade.

“É de extrema importância o foco do Governo para erradicar antigos problemas de infraestrutura que vinham acontecendo em municípios maranhenses e na própria capital. O diferencial desta gestão é ouvir a população e levar até eles benefícios que supram suas necessidades”, diz a coordenadora do Rua Digna, Daniella Arraes.

Dentre as mais de 100 vias que estão sendo transformadas na capital maranhense, destaque para a Vila São Domingos. A moradora Maria do Carmo Cantanhede tem dado um exemplo de gestão e cidadania na execução da obra.

Maria do Carmo tem sido essencial nas lutas e conquistas no bairro, à frente da Associação de Moradores da Vila São Domingos, onde conseguiu garantir os serviços de pavimentação em vias públicas e a execução de pequenas obras e serviços complementares de infraestrutura, após apresentar o projeto.

Cidades pioneiras

Situada a 100 quilômetros da capital maranhense, a cidade de Primeira Cruz foi a primeira do Estado a concluir a obra, em outubro de 2017. Foi na Travessa Gonçalves Dias, com a pavimentação de bloquetes de concreto.

O município de Araioses, no Baixo Parnaíba Maranhense, foi um dos inseridos na lista de beneficiados do Rua Digna. A cidade foi contemplada após a realização de uma vistoria técnica da equipe do Governo. Lá, no local conhecido como Ilhas Canárias, os materiais para a construção das vias têm chegado pelo rio, via embarcações.

São João do Carú, localizado a 360 quilômetros de São Luís, foi outro município contemplado. Agora, as vias estão recebendo a obra.

Mutirão

O recurso oferecido pelo Programa Rua Digna é de até R$ 200 mil para cada Plano de Trabalho. O subsídio é destinado ao custeio dos blocos de concreto, de areia, do meio fio, da calçada e para o pagamento do técnico da engenharia civil.

Os calçamentos das ruas são feitos com bloquetes intertravados, preferencialmente confeccionados pelos apenados do Complexo Penitenciário São Luís. As associações ou sindicatos também são orientados a obter material de construção dos fornecedores da própria comunidade, a fim de gerar renda para o comércio local.

O Rua Digna foi disponibilizado para organizações da sociedade civil localizadas dentro da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa) e para os 30 municípios do Mais IDH. Com a inspeção de técnicos do Mutirão Rua Digna, o prazo máximo para execução é de 90 dias, a contar do início da obra. Já a prestação de contas é de 60 dias após o recebimento do recurso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23

Pág. 1/6



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D